O otimismo é contagiante, afirma ele.
Se fosse assim, bastaria ir até a pessoa amada com um sorriso imenso, cheia de planos e ideias, e saber como apresentar o pacote. Funciona? Não. Contagiante mesmo é o medo, o constante pavor de nunca encontrar alguém que nos acompanhe até o fim de nossos dias. E em nome desse medo somos capazes de fazer qualquer coisa, aceitar a pessoas errada e nos convencer de que ela é a certa, a única, a que Deus pôs em nosso caminho. 


Adultério - Paulo Coelho.
Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger