Eu Estive Aqui - Gayle Forman

"Sinto informar que precisei dar fim à minha vida. Estou adiando esta decisão há muito tempo, e ela é minha e de mais ninguém. Sei que isso lhe causará sofrimento, e lamento que seja assim, mas saiba que eu precisava acabar com a minha dor. Não tem nada a ver com você, mas tudo a ver comigo. Não é culpa sua."






Estava querendo ler esse livro desde que a Arqueiro lançou ele aqui no Brasil, já li os outros da Gayle e adoro seus livros, então não tive dúvidas de que iria gostar desse também. Mas confesso, não esperava que fosse pesado. Suicídio ainda é algo pesado para se falar, e para lidar com isso também. Perdi meu melhor amigo uns anos atrás, e apesar de não ter sido da mesma forma, não teve como separar as lágrima por Cody e Meg e por ele.

Meg e Cody sempre foram melhores amigas, se conhecem desde sempre e não se desgrudavam. A família de Meg era como a própria família de Cody, já que ela não teve pai e a mãe não era tão mãe assim, já que não gostava nem de ser chamada de mãe pela filha. Sem falar nas condições financeiras. Cody tinha pouco, eram os pais de Meg que a davam muitas das coisas que a própria mãe nunca poderia dar. Isso tornava as duas ainda mais unidas e próximas.

Até o dia em que os planos de morar juntas e fazer a mesma faculdade não deram certo. Meg conseguiu uma bolsa integral para outra faculdade muito melhor, enquanto Cody conseguiu ser admitida na faculdade que era plano das duas amigas, porém não teria condições para bancar. Enquanto Meg foi para a faculdade, Cody decidiu ficar na cidade delas mesmo e trabalhar. Fazia faxinas enquanto sua melhor amiga estava vivendo a vida. Cody nunca disse nada do que sentia sobre isso pra ninguém, muito menos pra Meg, mas indiretamente descontou na amiga. Se afastou, tinha raiva e inveja até dos relatos que a amiga fazia no começo, até que o contato se tornou cada vez menos frequente, então, quando Cody recebe o e-mail de Meg sobre o suicídio, não consegue evitar a culpa.

Foi o irmão caçula de Meg quem notou algo estranho no bilhete de suicídio de Meg, e quando comenta com Cody ela começa a pensar nisso. Entre viagens para a cidade onde Meg morava e seu trabalho, Cody começa tentar descobrir o que levou a melhor amiga a fazer o que fez. Buscando nos e-mails, no computador da amiga e com pessoas com quem Meg conviveu, Cody vai atrás da verdade, sem ao menos saber se está preparada para ela.

A capa do livro é linda, a história é maravilhosa, chorei muito junto com Cody, e chorei sozinha também! rs
Gayle tem um poder incrível para contar histórias maravilhosas, e a sua nota no final do livro me emocionou mais ainda! Sou fã assumida! Arqueiro está de parabéns, nota 10 pelo livro e nota 1000 pelos títulos que a Editora tem! Recomendo esse livro pra todo mundo, todos devem conhecer a obra maravilhosa que Gayle nos presenteou.


Quotes:

Mas não sei se ainda posso perdoa-lá. E não sei se ela me perdoou também.
Na única vez em que ela havia precisado de mim, não fui capaz de ajudá-la.
Sei que ao dormir aqui, vou misturar meu cheiro ao dela, enfraquecendo o cheiro de Meg, mas, de certa forma, isso não importa. Era assim que costumava ser antes, afinal.
Essa era Meg. Ela era capaz de fazer qualquer coisa. De ajudar qualquer pessoa.
Você tinha um monte de pedras na mão, então resolveu limpá-las, deixá-las bonitas e fez um colar. Meg ganhou um colar de jóias e se enforcou com ele.
Eu deixei Meg na mão em vida. Mas não a deixarei na mão na morte.
Deixar nossas feridas cicatrizarem. Perdoar. E, às vezes, o mais difícil de tudo: perdoar a nós mesmos.




Título: Eu Estive Aqui
Autor: Gayle Forman
Páginas: 240
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580414233 
Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger