Quero amá-lo sem oprimi-lo,
apreciá-lo sem julgá-lo,
unir-me a você sem invadi-lo,
convidá-lo sem nada exigir,
deixá-lo sem culpa,
avaliá-lo sem censurá-lo
e ajudá-lo sem insultá-lo.
Se eu puder ter o mesmo de você,
então podemos realmente nos encontrar
e enriquecer um ao outro.

Elisabeth Kubler-Ross
Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger